X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente debate tema com entidades e fortalece rede de proteção

Publicado em Categorias: Notícias, Sem categoria
O segundo dia da Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente foi marcado por diálogo e muita emoção. As discussões aconteceram no Auditório do Centro Social de Simões Filho e iniciaram na quarta-feira (31), sendo encerradas na tarde desta quinta-feira (1). A iniciativa está na X edição, sendo organizada pela Prefeitura, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e da Cidadania (Sedesc).
No primeiro momento, jovens do Núcleo de Teatro do Programa Refazendo Sonhos (Instituto Aliança) encenaram casos de violência, levando muita reflexão e emoção aos presentes.
“O teatro nos leva a reflexão dos casos, que, infelizmente, acontecem diariamente em diversas cidades e regiões. Eu tinha assistido uma prévia dessa peça e já havia me emocionado. Hoje, não foi diferente. Que a gente possa colocar esse tema sempre em pauta. Não podemos nos omitir e deixar que os índices cresçam. A gente precisa chamar as classes para discussão e fortalecer a tríade: defesa, proteção e controle”, afirmou Andrea Pereira, chefe da pasta.
A Promotora da Infância e Juventude de Simões Filho, Dra. Simone Ferreira Lins Rocha, explanou sobre a importância da Garantia dos Direitos e de implantação de Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social.
“Nunca poderemos mensurar os efeitos dos abusos na vida, nas emoções, nos sonhos desses pequenos que passaram por isso. A gente cria os nossos filhos com tanto amor e carinho e quando a gente vê e ouve casos de violência e abuso é muito difícil. Na área da infância, juventude e educação, é necessário que exista uma rede, adoção de medidas judiciais para garantir a proteção. Já recebo os casos quando não foram solucionados pelos programas que são realizados pelo município e pelo estado, por serem de alta complexidade. Hoje, temos mais uma oportunidade de discutir os eixos e ampliar a rede de proteção”, assegurou a Promotora.
Os diálogos dos cinco eixos (Garantia dos Direitos e Políticas Integradas e de Inclusão Social; Prevenção e Enfrentamento da Violência Contra Crianças e Adolescentes; Orçamento e Financiamento das Políticas para Crianças e Adolescentes; Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes; Espaços de Gestão e Controle Social das Políticas Públicas das Crianças e Adolescentes) foram mediados pela presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Joseane Barbosa. Ainda aconteceu a apresentação e votação das diretrizes e ações estratégicas propostas e eleição dos delegados para a Conferência Estadual. O tema deste ano é: “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências”.
01/11/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *