Prefeitura realiza campanha de vacinação contra aftosa
Publicado:
Comentários:0

A Prefeitura de Simões Filho, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SEDEC), realizou a primeira etapa da campanha oficial de vacinação contra febre aftosa. A iniciativa acontece em parceria com a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB).

O imunizante foi disponibilizado para rebanho bovino e bubalino com idade de 0 a 24 meses dos criadores do município. O serviço conta com equipe especializada da Sedec, composta por médico veterinário e assistente administrativo, que desenvolvem e supervisionam as atividades técnicas de defesa sanitária, vegetal e inspeção de produtos agropecuários do município.

Ao todo, nesta primeira etapa de vacinação, 1.659 animais foram vacinados. A segunda etapa tem a previsão de ser realizada no mês de novembro seguindo o cronograma preestabelecido. O convênio é fruto de um trabalho cuidadoso da Prefeitura que leva em conta a importância da vacinação dos animais para um desenvolvimento de uma pecuária sustentável.

“Essa é mais uma importante ação e que faz cumprir o compromisso do nosso gestor, Dinha Tolentino, com a segurança da população e dos produtores rurais. A vacinação é um dos mecanismos de promoção à vida e contribui diretamente para os trabalhos que são executados no campo”, pontuou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Sid Serra.

Atendimento na Sedec
Os criadores que necessitem de auxílio dos técnicos, cadastrar o rebanho, declarar vacinas e/ou fazer a retirada de Guia de Trânsito Animal (GTA), devem procurar a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, localizada na Avenida Rui Barbosa, Centro, de segunda a quinta-feira, das 08h às 12h e das 13h às 17h, e às sextas-feiras, das 08h às 13h.

Sobre a doença
Vale lembrar que a febre aftosa é uma doença contagiosa que afeta principalmente os bovinos. Nas pessoas o risco da doença é pequeno causando afta e febre. Já no gado o efeito é mais severo. Além de aftas que dificultam a alimentação e, em algumas espécies, o animal pode ter lesões nos cascos e ocasionar a morte. 

Notícias Recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content