Simões Filho realizou Dia D de vacinação contra a Gripe e o Sarampo
Publicado:
Comentários:0

A cidade de Simões Filho, cidade da Região Metropolitana de Salvador (RMS), realizou neste sábado (30), o Dia D de vacinação contra a Gripe e o Sarampo. As atividades foram realizadas nas Unidades de Saúde e seguirão acontecendo de modo descentralizado.

“Bom saber que agora eu e os meus filhos estamos mais seguros! A gente vem de uma série de instabilidades de saúde, com o Cornavírus, perdemos a minha irmã e não posso perder mais ninguém. A vacinação é importante e necessária. Quero parabenizar a Prefeitura”, disse Dona Elizangela Conceição, moradora da Pitanguinha.

A secretária de Saúde, Iridan Brasileiro, acompanhou as atividades e falou sobre a importância da iniciativa. “Estamos dando início às atividades de imunização contra a Gripe e o Sarampo para os novos públicos. A vacinação é uma importante aliada para a manutenção da saúde e para que doenças que estão erradicadas não voltem a circular no nosso território. Esse é mais um compromisso firmado pelo nosso prefeito Dinha e que visa o cuidado com a população”, concluiu a secretária.

A iniciativa faz cumprir a estratégia nacional de imunização e nesta etapa da Campanha, serão atendidas: Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias); Gestantes e puérperas; Povos indígenas; Professores; Comorbidades; Pessoas com deficiência permanente; Forças de segurança e salvamento e Forças Armadas; Caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; Trabalhadores portuários; Funcionários do sistema prisional; Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; e População privada de liberdade.

Sarampo:

É uma doença infecciosa grave, causada por um vírus que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente fala, tosse, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina.

Vacina trivalente (Gripe)

A vacina Influenza trivalente utilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é produzida pelo Instituto Butantan. A formulação é constantemente atualizada para que a dose seja efetiva na proteção contra as novas cepas do vírus. A vacina será eficaz contra as cepas H1N1, H3N2 e tipo B.

Notícias Recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content